Messi é o novo embaixador da startup SIRIN LABS

A SIRIN LABS, desenvolvedora do celular ultra-seguro SOLARIN, anunciou hoje que assinou com a estrela do Barcelona, ​​Lionel Messi, para que ele seja embaixador da marca.

Publicado em 11 de dezembro de 2017 por

A SIRIN LABS, desenvolvedora do celular ultra-seguro SOLARIN, anunciou hoje que assinou com a estrela do Barcelona, ​​Lionel Messi, para que ele seja embaixador da marca. A empresa procura aumentar a popularidade da Blockchain através da lenda do futebol mundial.

A startup israelense anunciou no dia 7 de dezembro que, ninguém menos que Leo Messi será o embaixador de seu novo produto: um sistema operacional para os usuários de criptomoedas aficionados por segurança. A empresa espera que, trazendo o FC Barcelona e a Argentina à frente, pode alcançar uma audiência global mais ampla e atrair muitos novos usuários ao mundo das criptomoedas.

Messi escreveu a seus quase 90 milhões de fãs do Facebook: “Normalmente estou ocupado tentando descentralizar as defesas e depois de conhecer mais profundamente a Blockchain e outros sistemas descentralizados, estou ansioso para me juntar à SIRIN LABS como embaixador para fazer a Blockchain mais amigável com seu próximo sistema para smartphones”.

Messi é atualmente um dos atletas mais bem pagos do mundo, recebendo – somente de salário – algo em torno de US$650 mil por semana do clube catalão; isso mostra o quanto a empresa está apostando em seu produto.

Segurança em primeiro lugar

Saindo do mundo das criptomoedas focando na privacidade, a comunidade Bitcoin está sempre preocupada com problemas de segurança cibernética. Além disso, invasões frequentes em carteiras e corretoras de criptomoedas, bem como governos em todo o mundo que ameaçam proibir ou regular o uso do Bitcoin proporcionam aos usuários motivos reais para se preocupar em manter seus negócios privados.

Tentando responder a essa demanda, os desenvolvedores do novo sistema operacional de código aberto dizem que o mesmo foi projetado para oferecer suporte integrado e aplicativos seguros, como carteiras de criptomoedas, acesso seguro à corretoras, comunicações criptografadas e um ecossistema de compartilhamento de recursos P2P. Outras funções de segurança incluem: Exibição Confiável, Ocorrência de Endereço IP, Randomização de Endereço MAC e um interruptor de segurança física.

Vamos ver se esse investimento terá o retorno esperado. De todo jeito, é bom ver gente como Messi promovendo a Blockchain.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment