"People's Daily", a publicação oficial do Partido Comunista da China apelou a uma regulamentação mais severa da indústria de Blockchain com o objetivo de promover seu crescimento.

“People’s Daily”, a publicação oficial do Partido Comunista da China apelou a uma regulamentação mais severa da indústria de Blockchain com o objetivo de promover seu crescimento. Isso foi relatado pela CoinDesk.

Em um artigo publicado hoje, 26 de fevereiro, intitulado “Três questões para a Blockchain“, o jorrnal expressou total apoio às políticas governamentais voltadas ao suporte de novas tecnologias. Ao mesmo tempo, o porta-voz do partido advertiu sobre os crescentes riscos associados a determinadas áreas de aplicação da tecnologia de registro distribuído.  

“A tecnologia de Blockchain ainda não é suficientemente madura. Precisamos ser cautelosos sobre as propostas com base neste conceito e separar inovações do uso da tecnologia apenas para atrair financiamento. Para promoção e uso prático da Blockchain, o governo deve enrijecer as políticas e medidas de regulamentação deste setor”, enfatiza o material.

O artigo também fornece uma visão geral das principais áreas de aplicação da tecnologia de registro distribuído, incluindo serviços financeiros, caridade, proteção contra falsificações, e assim por diante.

Seguindo este contexto, Hu Danqing, especialista em tecnologia da Ant Financial (uma divisão do Alibaba), afirmou:

“No momento, em vez de resolver problemas urgentes com a ajuda da tecnologia de Blockchain, o foco é a angariação de fundos e especulação”.

Ele também observou que as autoridades do país devem desenvolver normas legais para distinguir efetivamente as inovações tecnológicas de um simples fundraising.

Lembramos que as autoridades chinesas planejam atribuir a função de controle sobre o mercado de criptomoedas à Associação Nacional Chinesa de Atividade Financeira na Internet.