O bilionário e chefe da Galaxy Investment Partners, Mike Novogratz, conseguiu arrecadar com sucesso o montante de investimentos necessário para o lançamento do Galaxy Digital, um banco de negociação de criptomoedas, cujas ações serão cotadas na bolsa de valores canadense, TSX Venture Exchange.

O bilionário e chefe da Galaxy Investment Partners, Mike Novogratz, conseguiu arrecadar com sucesso o montante de investimentos necessário para o lançamento do Galaxy Digital, um banco de negociação de criptomoedas, cujas ações serão cotadas na bolsa de valores canadense, TSX Venture Exchange. Isso foi relatado pela CCN.

Conforme observado pela fonte, apesar do colapso histórico no mercado de criptomoedas, Novogratz conseguiu arrecadar US$250 milhões, montante de representa um quarto mais do que o valor originalmente planejado.

A maioria dos nomes dos investidores permanece desconhecida, pois a angriação dos fundos foi realizada sob a forma de uma oferta privada, o que implica na não divulgação de informações sobre os participantes. Contrariando isso, a Bloomberg relata que entre os capitalistas de risco esteve o bilionário e Presidente do Conselho de Administração da Foxconn, Terry Gou.

Novogratz planeja investir o capital arrecadado na compra da startup canadense, First Coin Capital e, em seguida, realizar a aquisição revertida da Bradmer Pharmaceuticals, negociada na bolsa de valores canadense TSX Venture. Após esses processos, a empresa será renomeada para o Galaxy Digital.

De acordo com Novogratz, o banco de negociação da Galaxy Digital destina-se a se tornar “o Goldman Sachs da indústria criptomonetária”. Em particular, a nova empresa se especializará em negociação de criptomoedas, arbitragem entre corretoras, investirá em startups de Blockchain e ICOs, prestará serviços de consultoria e lançará um serviço de gerenciamento de ativos orientado a clientes ricos.

A listagem da nova empresa na TSX Venture está agendada já para o final do primeiro trimestre de 2018.