Milionário criptomonetário perde 5,5 mil BTC em esquema fraudulento

Uma das maiores corretoras escandinavas de Bitcoins, a Prasos Oy, afirmou que quatro bancos finlandeses fecharam as contas da organização e se recusaram a cooperar por temores de potenciais violações à legislação AML.

Publicado em 13 de agosto de 2018 por

O empresário finlandês de 22 anos, Aarni Otawa Saarimaa, investiu mais de 5,5 mil Bitcoins em alguns projetos tailandeses, mas o dinheiro caiu nas mãos dos fraudadores. De acordo com o Bangkok Post, alguns participantes do crime, incluindo um ator tailandês, já foram presos.

Tornou-se conhecido que um grupo de tailandeses propôs à Saarimaa investir em algumas ações tailandesas, em um cassino de Macau e numa nova criptomoeda chamada Dragon Coin ainda em junho de 2017. A moeda deveria ser usada para as necessidades do cassino. Os golpistas até mesmo levaram o empresário até o cassino para demonstrar a realidade de suas promessas. Depois disso, Saarimaa transferiu 5.564 BTC para os fraudadores.

O milionário criptomonetário, no entanto, não recebeu nenhum lucro e em janeiro de 2018, junto com seu parceiro local, foi até a delegacia da Tailândia para entregar os golpistas.

Após investigação, a polícia informou que os intrusos não investiram os Bitcoins recebidos, mas os trocaram por baht tailandês e distribuíram os fundos recebidos entre várias contas bancárias. Um total de cerca de US$24 milhões foi recebido.

Segundo a polícia, o ator Jiratpisit Jaravijit foi preso por participar no esquema. Seu irmão, Prinya Jaravijit, é suspeito de ser o líder da organização fraudulenta. Vale ressaltar que este último deixou o país e supostamente está se escondendo nos Estados Unidos.

“O caso é difícil. Precisamos examinar cuidadosamente os documentos e rastrear todas as transferências. Levamos quase sete meses para obter um mandado de prisão para o primeiro grupo de suspeitos”, apontou o vice-chefe de polícia Pol Col Chakrit.

Lembramos que seguindo o contexto da notícia acima veiculada, de acordo com o diretor do Bureau para Proteção do Consumidor da Comissão Federal de Comércio dos EUA, Andrew Smith, até o final do ano, os investidores perderão até US$3 bilhões devido a fraudes com criptomoedas.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment