Ministro das finanças do Japão propõe unificação de taxas de imposto para operações com criptomoedas

À medida que o Japão se torna mais amigável em relação ao Bitcoin e outras moedas virtuais, pelo menos dez novas corretoras de criptomoedas esperam seus registros para iniciarem seus trabalhos.

Publicado em 27 de junho de 2018 por

O Ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, propôs uma mudança no regime de tributação dos lucros das operações com moedas digitais. Isso foi relatado pelo portal Bitcoin.com.

Note que em fevereiro deste ano, as autoridades japonesas estabeleceram uma escala progressiva de 15% a 55% para taxas e imposto de Renda de traders. Simultaneamente, a Agência Tributária Nacional classificou a receita de operações com dinheiro digital como “receita diversa”, por fim obrigando os investidores a apresentar declarações fiscais anuais.

No dia 25 de junho, Taro Aso propôs à Câmara Alta da Comissão de Orçamento uma única taxa de tributação para transações com criptomoedas. Segundo ele, seu tamanho não deve diferir daquele estabelecido para operações nos mercados de ações e câmbio, que atualmente está em torno de 20%.

Também foi constatado que o estabelecimento de altas taxas pelas autoridades do Japão em operações com moedas digitais causou ressentimento na comunidade criptográfica local. Assim, logo após as mudanças na legislação tributária da Change.org, uma petição que solicitava que a taxa de imposto para operações com ativos criptográficos no Japão fosse a mesma do mercado de ações, apareceu. A petição foi assinada por 11.786 pessoas.

No contexto do país, vale ressaltar que há poucos dias, a Exchange japonesa bitFlyer suspendeu temporariamente o registro de novos usuários por conta dos requisitos da Agência de Serviços Financeiros do país. Leia mais sobre isso aqui.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment