No coração do sistema de identificação baseado em Blockchain da Microsoft, pode estar o protocolo Rede Lightning

A Microsoft confirmou que suspendeu temporariamente os pagamentos em Bitcoin, contudo, alguns dias depois retornou novamente a essa opção. O motivo da decisão foi as altas taxas de comissão e volatilidade da Primeira Moeda.

Publicado em 17 de Maio de 2018 por

A conferência Consensus 2018, que começou na segunda-feira, está atraindo muita atenção da comunidade criptomonetária. Entre numerosas apresentações, se destaca a apresentação feita pela Microsoft na quarta-feira. É possível que isso seja de interesse não apenas para as corporações que estudam as possibilidades e vantagens da tecnologia de Blockchain, mas também – um tanto inesperadamente – para a comunidade do Bitcoin.

A rede acumulou várias evidências de que a base para o novo sistema descentralizado de identificação (DID) da gigante da TI pode estar no próprio protocolo Lightning Network.

Publicidade

Publicidade

Anteriormente, tornou-se conhecido que a Microsoft está trabalhando há mais de um ano em sistema de identificação descentralizada do sistema de Blockchain. Como relatado pela empresa, várias populares Blockchains públicas, incluindo a do Bitcoin, Ethereum e Litecoin, foram consideradas base para a plataforma.

Em seguida, surgiram informações de que a empresa pretende lançar um sistema DID baseado no aplicativo Microsoft Authenticator. Ao contrário de outras formas modernas de identificação, a nova plataforma não será gerenciada por nenhuma organização, seja ela um governo ou uma grande empresa – supõe-se que ele será resistente à censura e capaz de garantir aos usuários total controle sobre seus dados e reputação.

Daniel Buchner, que no passado repetidamente compartilhou com seus assinantes vários detalhes menos conhecidos do projeto, está liderando o desenvolvimento do DID.

Publicidade

Publicidade

“Fui apresentado ao Bitcoin no início de 2011 por um bom amigo que trabalhava na Mozilla. Então comecei a trabalhar na oferta chamada Firefox Handshake – uma visão de aplicativos descentralizados baseados no Bitcoin ID. Agora, em maio de 2018, chegamos ao ponto de inevitabilidade”, escreveu Buchner em seu Twitter no primeiro dia da Consensus 2018.

Além disso, no final do ano passado, respondendo ao tweet da Bloomberg, Buchner mencionou que a Blockchain do Bitcoin tornou-se um dos elementos fundamentais do sistema de identificação da Microsoft.

“Como um ativo, o Bitcoin não tem valor fundamental: não possui nenhum fluxo de lucros futuros, nenhuma garantia de liquidez, nenhuma aplicação alternativa”, disse a publicação.

“Você entende que [a Microsoft] o utiliza como um dos elementos fundamentais de um sistema descentralizado de identificação que os representantes de todos os níveis da corporação consideram uma das inovações mais revolucionárias da história da tecnologia de identificação? E eu não estou falando sobre a “tecnologia de Blockchain” em geral, quero dizer que usamos a cadeia real do Bitcoin como um elemento fundamental suportado desta plataforma”, afirmou Buchner na época.

Por sua vez, o principal gerente de software do departamento de identificação da Microsoft, Ankur Patel, observou no blog da empresa que, para superar as inúmeras dificuldades técnicas, a gigante de TI “trabalha com protocolos descentralizados de segundo nível, funcionando em Blockchains públicas, para atingir uma escala global, mantendo os atributos de um sistema DID de classe mundial” – como já se sabe, na rede do Bitcoin, tal superestrutura é a Lightning Network.

Levando em conta todos esses fatos e declarações, a comunidade do Bitcoin concluiu de forma lógica – embora isso ainda não tenha sido oficialmente confirmado – que o protocolo Lightning Network será usado no sistema de identificação da Microsoft. A discussão ativa desta questão também está ocorrendo agora no tópico relevante do Reddit.

É claro que, se isso for verdade, tal anúncio será um evento excepcionalmente importante para a comunidade do Bitcoin que certamente afetará positivamente o preço da Primeira Moeda.
O jornalista Joseph Young, especializado em tópicos de criptomoedas, notou uma clara discrepância entre as ações da Microsoft e as recentes palavras do seu fundador, Bill Gates.

“Bill Gates: “ eu apostaria contra o Bitcoin se pudesse”

Microsoft: solução para identificação com base na Lightning Network do Bitcoin será mostrada durante Consensus 2018.

Alguém não passou direitinho a mensagem de Bill”, escreveu Young em seu Twitter.

A apresentação da Microsoft começará no dia 16 de maio às 9:10h do horário local.

Lembramos que no final de 2017, o desenvolvedor do Ethereum e criador do padrão ERC-20, Fabian Vogelsteller disse que, para padronizar a tecnologia de identificação digital, ele pretende usar o conjunto de regras ERC-725, modelo que pressupõe o uso dos processos necessários para implementação e controle de identificação digital através de contratos inteligentes, e que também pode ser usado para outros fins, incluindo gerenciamento de cadeias de suprimentos.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment