OneCoin, será que as pessoas ainda não entenderam?

Publicado em 2 de maio de 2017 por

E voltamos a falar das peripécias da OneCoin. Será que as pessoas ainda não entenderam? Não existe almoço grátis, nem lucro gigantesco que faça você poder parar de trabalhar da noite para o dia! Qualquer coisa que prometa algo do gênero é, sim, um esquema.

Com isso em mente, vamos aos novos fatos.

Os representantes da OneCoin no Cazaquistão estão enfrentando acusações de fraude, já que as autoridades dizem que adquiriram ilicitamente 2,2 bilhões de Tenge (moeda oficial do Cazaquistão), algo em torno de US$ 6,97 milhões, de investidores.

Segundo a fonte local de notícias Tengri News, os investigadores do Serviço de Investigação Econômica do país estão avaliando a possibilidade de lançar “processos de pré-julgamento” contra os representantes da OneCife, a empresa parceira OneCoin.

Entre eles está um suposto organizador com o nome de Dilbar Mirsaitova. Uma declaração do serviço de imprensa do governo diz:

“Foi estabelecido que Mirsaitova D.K. e seus cúmplices criaram uma vasta rede de agentes da empresa que, sendo ativos em todas as regiões do país, estavam enganando intencionalmente os investidores, fingindo ser parceiros de marketing independentes da empresa búlgara OneLife, alegando valor excepcional da chamada OneCoin de criptografia, produto vendido por eles. “

Mirsaitova está atualmente sob prisão domiciliar, aguardando os resultados completos da investigação sobre as atividades do grupo, que está em andamento. O anúncio é o segundo a surgir sobre OneCoin em alguns dias, com a polícia indiana tendo prendido dezoito organizadores de um investidor em Mumbai na semana passada.

Publicidade

Como parte de uma investigação em contas supostamente utilizadas por recrutadores da OneCoin ao enganar investidores, a polícia indiana apreendeu US$ 3 milhões em fundos, enquanto um processo semelhante na Alemanha acabou por reter um total de US$ 5 milhões.

As fontes da OneCoin continuam a lutar veementemente contra as críticas. Um jornalista que publicou um artigo sobre as incursões alemãs informou que havia recebido “várias” cartas legais de pessoas supostamente ligadas ao grupo.

Alerta

Já nós, aqui do BTCSoul, gostaríamos de lembrar aos leitores que devido a várias advertências de vários governos, bem como a evidências recolhidas durante investigações anteriores, recomendamos não investir em OneCoin sob qualquer forma.

E não se esqueça, OneCoin, OneLife, OneCife, e seja lá mais o que “One” como o nome já diz, é uma “OneTrick”, tem somente “one” finalidade, a de tomar o seu dinheiro. Fique esperto!

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment