Opinião: proibição de publicidade de criptomoedas pelo Google afetará positivamente o Bitcoin

O Google está trabalhando em seu próprio registro distribuído baseado em Blockchain. A tecnologia deve fortalecer os serviços de nuvem da empresa e torná-la mais competitiva em comparação com jovens iniciantes que já trabalham em um ambiente online.

Publicado em 19 de Março de 2018 por

Os motores de busca Google e Baidu decidiram sobre a política de publicidade de empresas criptomonetárias e ICOs. Mais cedo, as redes sociais Facebook e Instagram proibiram a promoção de tais projetos e, de acordo com algumas informações, o Twitter também está se preparando para a introdução de rígidas medidas. Tudo isso gera um impacto negativo nos sentimentos do mercado, sendo que os ursos estão no controle total da situação, quando, na realidade, a proibição da publicidade é um evento positivo para o setor a longo prazo, diz Craig Cole, fundador e CEO da CryptoMaps.

“Claro, a notícia em si não é tão inspradora, mas pode influenciar a indústria de forma positiva. A proibição pode fortalecer o mercado e ajudar a descartar moedas fraudulentas e players inescrupulosos que estão tentando se enriquecer rapidamente. Isto levará à estabilidade, porque as criptomoedas não desaparecerão. Estou convencido de que o resultado dessa proibição será o fortalecimento da industria”, ressaltou ele.

Cole observa que as principais criptomoedas mostrarão um crescimento depois que as moedas fraudulentas desaparecerem. Os representantes da lista TOP-5 da CoinMarketCap, em sua opinião, não precisam de uma introdução, pois já são conhecidos entre a comunidade de investidores. No entanto, existem também representantes do setor criptomonetário que não compartilham esse otimismo.

“Esta proibição proporcionará aos consumidores apenas uma proteção de curto prazo contra os fraudadores, mas certamente prejudicará toda a indústria, que enfrentará resistência a cada passo”, afirmou o CEO da Global BlockChain, Shidan Guran.

De acordo com alguns relatórios, as receitas da publicidade de ICOs no Google no ano passado totalizaram US$25 milhões, mas a empresa foi forçada a tomar medidas sob a pressão de órgãos reguladores.

“Acredito que os novos projetos de ICO competirão pela mesma presença no mercado que no passado. Os gestores de relações públicas desenvolverão novas técnicas para atrair a atenção”, enfatizou o analista da ThinkMarkets, Naeem Aslam.

Lembramos que o preço do Bitcoin atualizou seu mínimo mensal contra o pano de fundo de notícias sobre a proibição de publicidade de projetos crriptomonetários no Google.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment