PayPal Europe, FNR  e universidade em FinTech

O PayPal Europe, o National Research Fund (FNR) e a Universidade do Luxemburgo assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) no início desta semana sobre a criação de uma cadeira da FNR PEARL na área da FinTech.

Publicado em 9 de março de 2017 por

O PayPal Europe, o National Research Fund (FNR) e a Universidade do Luxemburgo assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) no início desta semana sobre a criação de uma cadeira da FNR PEARL na área da FinTech.

Em um anúncio do governo de Luxemburgo, a cadeira será criada no Centro Interdisciplinar de Segurança, Confiabilidade e Confiança (SnT) da Universidade do Luxemburgo e será financiada conjuntamente pela FNR e pela PayPal Europe durante um período de cinco anos.

Publicidade

Publicidade

O objetivo da nova cadeira é clarificar as tecnologias digitais e melhorar a ligação entre utilizadores, reguladores e indústrias.

O primeiro-ministro Xavier Bettel, que estava lá para a assinatura, disse que a decisão do PayPal de investir em Luxemburgo foi um passo crucial na parceria do país com o PayPal e prova de excelência acadêmica da universidade.

Ele disse:

“Com o PayPal, encontramos um parceiro respeitável para ajudar a criar um centro internacional de excelência FinTech dentro da Universidade do Luxemburgo”.

O governo luxemburguês aspira a posicionar o país como um líder global em serviços financeiros digitais inovadores e a torná-lo uma das áreas mais importantes para a FinTech. Para conseguir isso, o governo está empurrando a evolução, estreitando relações, como a que existe entre o PayPal Europa, a FNR e a Universidade do Luxemburgo.

Essa colaboração é fundamental para a economia do país, com um setor que está passando por mudanças onde as novas tecnologias digitais podem oferecer oportunidades para melhorar os serviços.

A Posição Amigável de Luxemburgo à FinTech

Localizado na Europa Ocidental e sem litoral, cercilhado pela Bélgica, Alemanha e França,  Luxemburgo conta com uma população de pouco menos de 600.000 pessoas, é considerado um local amigável à FinTech.

Tanto assim, que a exchange de Bitcoin, a Bitstamp, com sede no Luxemburgo tornou-se a primeira bolsa de Bitcoin licenciada a nível nacional no ano passado.

Ao obter a licença, pôde operar como uma instituição de pagamento em todos os 28 países da União Européia (UE). De acordo com o programa de passaportes da UE, os prestadores de serviços financeiros legalmente estabelecidos num Estado-Membro são legalmente autorizados a operar no resto dos Estados-Membros da UE.

Como a mais recente adição ao ecossistema FinTech de Luxemburgo, este fato representa um enorme impulso para o país, uma vez que continua a desenvolver o setor.

Com condições favoráveis e atrativas, além de uma excelente localização, Luxemburgo vem apresentando um ambiente ideal para startups e para o crescimento de suas empresas. Não só isso, mas para aqueles dentro de Londres que estão preocupados com a eventual remoção da UE, Luxemburgo poderia ser um lugar a ser considerado em caso de remoção dos negócios, mantendo-se em um mercado único.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment