O Banco Popular da China (PBoC) emitiu um novo aviso, afirmando que os projetos de criptografia que usam seu nome são, na verdade, um esquema para  defraudar os investidores.

No dia 15 de junho, o PBoC emitiu um anúncio publico, no qual o Banco Central afirmou que eles não estão emitindo nenhuma moeda digital e nem autorizaram qualquer instituição a fazê-lo em seu nome.

Além disso, a instituição bancaria máxima da China reiterou que não há equipe de marketing em moeda digital no PBoC, nem a instituição considera no momento as aplicações do curso legal da tecnologia.

O PBoC chegou a alertar os consumidores chineses de que as chamadas “moedas digitais emitidas pelo PBoC” poderiam ser parte de um esquema de pirâmide.

O PBoC ainda conclui que:

“Chamamos o público a estabelecer um conceito correto de dinheiro, apreciar o RMB (também chamado de Yuan) e manter uma circulação normal do RMB juntos”.

Em um contexto mais amplo, os comentários são os últimos que o Banco Central emite a respeito das moedas digitais. No mais, o banco recentemente intensificou sua regulamentação com relação às moedas digitais como Bitcoin, Ethereum e Dash. Isso teve princípio no início deste ano, quando o Banco Popular da China procurou policiar agressivamente as corretoras domésticas em meio a um aumento no preço de Bitcoin.

No momento, único desenvolvimento chinês quanto às moedas virtuais é que o Banco Popular da China está estudando o uso da Blockchain, tecnologia subjacente ao Bitcoin.

Nota

O BTCSoul é um site de notícias, que visa informar as pessoas para que elas saibam exatamente onde estão investindo. Nós sempre buscamos informações reais, de fontes confiáveis, antes de publicar qualquer coisa.

Para os que nos acusam de “destruir os sonhos das pessoas”, gostaríamos de lembrar que ninguém dá dinheiro de graça para ninguém, e que não estamos destruindo nada que exista de fato.

Dito isto, reiteramos que a LCF Coin da LCFHC é, sim, um esquema, e nós pretendemos aqui proteger as pessoas com relação a isso. Por mais que, nesse momento, não existam valores requeridos de investimento para entrar nessa dita moeda, o roubo de identidade é uma ameaça séria e ocorre diariamente, a única questão aqui é que esta ilegalidade está sendo facilitada pela atitude inocente em passar os dados pessoais para um site desconhecido.

Acreditamos que os promotores dessa moeda são simplesmente pessoas mal informadas que, em despeito dos avisos da Rothschild Co. sobre seu não envolvimento com a LCFHC, creem que de alguma forma essa suposta empresa está dando valores de graça.

Em inúmeros vídeos da internet vemos pessoa fazendo tentativas mistas de MMN e criptomoedas, prometendo mundos e fundos. Vale aqui reforçar o aviso: Ninguém dá dinheiro de graça para ninguém, Bitcoin não é um produto, logo, as regras do Marketing Multi-Nível não se aplicam aqui.

Então, se você tiver algum conhecido ou familiar que tente passar adiante esse tipo de esquema, alerte-o que, por lei, ele estará sujeito a processo até mesmo prisão por compactuar com um esquema fraudulento.

A internet, assim como as criptomoedas, é uma ferramenta maravilhosa, que abre as portas do mundo para seus usuários. Contudo, antes de colocar seu tempo, dinheiro ou dados pessoais em risco, pesquise profundamente e, lembre-se, vídeo de Youtube não é fonte fiável de informação sem o embasamento adequado.

Abaixo temos uma impressão do documento do PBoC, que tambem pode ser visualizado no site oficial do banco.