Plataforma BABB arrecada US$20 milhões através de token sale

Representantes da FCA estão convencidos de que a maioria dos tokens vendidos no âmbito deste método de atrair financiamento está em conformidade com o atual quadro legal e regulamentar do país

Publicado em 12 de Março de 2018 por

Tendo completado com sucesso uma token sale que resultou em US$20 milhões em fundos atraidos, a plataforma bancária BABB está se preparando para lançar seu principal produto e espera que as primeiras contas sejam abertas até o final de 2018. Isso foi relatado pelo portal Finextra.

A BABB é autorizada pela Autoridade de Supervisão Financeira do Reino Unido (FCA) e está desenvolvendo uma plataforma bancária descentralizada que promete fornecer uma conta bancária, cartão de pagamento e acesso a uma rede P2P global a qualquer pessoa no mundo.

Publicidade

Publicidade

Os fundos arrecadados através da tokens sale serão utilizados para acelerar o desenvolvimento da plataforma, o aplicativo móvel e o cartão de pagamento descentralizado Black Card.

O lançamento do aplicativo é esperado no quarto trimestre de 2018 e, em sua fase inicial, permitirá a abertura de contas bancárias que contarão com a tecnologia de reconhecimento do rosto e voz, bem como a realização de transações domésticas e internacionais. A funcionalidade mais avançada estará disponível em 2019.

A empresa também espera que, até o final deste ano, uma licença bancária completa no Reino Unido seja recebida, o que a tornará o primeiro banco de Blockchain regulado no mundo.

Publicidade

Publicidade

“Recebemos um bom feedback do Banco da Inglaterra e agora estamos na segunda fase das negociações com eles, discutindo nosso plano de negócios e explicando como a BABB cumprirá as regras regulatórias e alcançará seus próprios objetivos”, afirmou Paul Johnson, diretor de investimentos da empresa.

A plataforma BABB se posiciona como um “serviço universal para todos”, que implementa autenticação biométrica de cliente, análise de grandes dados e soluções baseadas na inteligência artificial. O usuário recebe controle total sobre seus dados, que por sua vez são criptografados e armazenados de forma segura na Blockchain.

A plataforma é baseada em contratos inteligentes de Ethereum e, de acordo com representantes da empresa, pode reduzir custos, melhorar a segurança das transações e tornar mais acessíveis os serviços financeiros para indivíduos e pequenas empresas.

Lembramos que a plataforma europeia Bitwala será relançada no futuro próximo. Após o encerramento de suas contas bancárias e dos serviços relacionados à emissão e manutenção de cartões pré-pagos, a Bitwala anunciou o reformatamento e a intenção de ser relançada como um banco criptomonetário.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment