Preço do gás aumenta significativamente na rede Ethereum

As corretoras Bitstamp e KuCoin suspenderam temporariamente retiradas em Ethereum devido ao congestionamento e instabilidade da rede. A segunda recomendou que os usuários utilizem NEO em vez de Ethereum para que possam ter "acesso permanente aos fundos".

Publicado em 9 de Janeiro de 2018 por

Recentemente, os nós do Ethereum com base no software Parity and Geth tiveram problemas com o aumento dos preços do gás, cuja causa ainda não foi determinada. Isso foi relatado pela ETHNews.

“Algumas transações suspeitas elevam o preço do gás a todos os usuários da rede Ethereum. O preço médio do gás está aumentando gradualmente, e nenhum dos membros da rede faz nada. Isso significa que a situação está ficando fora de controle”, afirmou Griff Green, cofundador da White Hat Group, sobre a situação atual.

Publicidade

Publicidade

O cliente Ethereum da Geth mede o preço do gás com base na informação dos últimos dez blocos. As Exchanges, carteiras MetaMask e a MyEtherWallet também usam valores médios. Em tal situação, acredita Green, eles devem se orientar por dados do ethgasstation.info e definir o preço do gás manualmente.

Vale ressaltar que a Bittrex suspendeu a criação de novos depósitos de ETH devido aos preços inaceitavelmente altos do gás.

Lembramos que no dia 4 de janeiro, a taxa do Ethereum pela primeira vez ultrapassou a marca de US$1 mil, sendo que a capitalização da criptomoeda excedeu US$100 bilhões.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment