Principais corretoras de criptomoedas saem do ar durante reajuste do Bitcoin

Na quarta-feira, dia 29 de novembro, após o impressionante aumento no preço do Bitcoin – que em certo momento ultrapassou US$ 11,1 – uma correção prevista começou, durante a qual houve interrupções no trabalho de várias corretoras e plataformas de negociação.

Publicado em 30 de novembro de 2017 por

Na quarta-feira, dia 29 de novembro, após o impressionante aumento no preço do Bitcoin – que em certo momento ultrapassou US$ 11,1 – uma correção prevista começou, durante a qual houve interrupções no trabalho de várias corretoras e plataformas de negociação.

Em particular, há algum tempo, sites tão populares como Bitfinex e Bitstamp não estavam disponíveis.

Publicidade

Publicidade

Além disso, representantes da Coinbase/GDAX relataram problemas de acesso à plataformas e API.

Publicidade

Publicidade

O suporte da Coinbase também informou que, em uma determinada etapa, viu um número sem precedentes em toda a história do tráfego da plataforma: oito vezes maior que o recorde de junho de 2017.

Enquanto isso, o preço do Bitcoin – que mais cedo superou a marca de US$11,1 mil – retornou ao preço de US$9 mil em uma série de corretoras.

Principais corretoras de criptomoedas saem do ar durante reajuste do Bitcoin. BTCSoul.com

Bitfinex

A taxa média ponderada, de acordo com os dados da Coinmarketcap, no entanto, no momento da redação, era de cerca de US$9.798, o que representa uma perda de preço de 2,76% nas últimas 24 horas.

Ao mesmo tempo, após o Bitcoin, todos os outros ativos criptográficos acabaram por ficar na zona vermelha.

Principais corretoras de criptomoedas saem do ar durante reajuste do Bitcoin. BTCSoul.com

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment