Regulador tailandês liberará cinco projetos de ICO

A bolsa de valores nacional da Tailândia (SET) está planejando lançar um mercado baseado em blockchain, que esta em fase de arrecadação através de uma startup.

Publicado em 14 de junho de 2018 por

A Comissão de Valores Mobiliários e Bolsas de Valores da Tailândia (SET) aprovará cinco Ofertas Iniciais de Moedas assim que a Lei sobre Regulamentação de Criptomoedas e ICOs entrar em vigor. Isso foi relatado pelo portal Вitcoin.com.

A Comissão aprovou as disposições pertinentes, que devem entrar em vigor dentro de um mês, ainda no início desta semana.

Publicidade

Publicidade

“Das 50 Ofertas Iniciais que envolvem a captação de recursos no mercado de capitais da Tailândia, cinco podem ser aprovadas como projetos piloto”, afirmou Tautuchay Keatkankul, chefe do departamento de ações da SET.

O regulador suspendeu a aprovação de novas ICOs antes que a regra legal entre em vigor. As empresas que receberam permissão anteriormente podem fazer transações de maneira usual, pois a lei não tem efeito retroativo.

Vale ressaltar que no início desta semana, foi anunciado que antes de seu lançamento, as ICOs tailandesas deveriam receber a aprovação de um dos portais especiais que atuariam como consultores financeiros para os emissores de tokens, observando a conformidade com as regras da legislação KYC. Após a aprovação da ICO pelo portal, levará cerca de dois meses para obter permissão da SEC.

Publicidade

Publicidade

Empresas que pretendam emitir tokens devem obedecer a vários critérios estabelecidos pela SET. Em particular, elas devem ter um capital autorizado de pelo menos 5 milhões de baht (cerca de US$156 mil).

Investidores privados podem investir em ICOs não mais do que 300 mil baht (cerca de US$9 mil) ou, no máximo, 70% do custo total dos tokens oferecidos. Para participantes institucionais do mercado e investidores privados com capital extra-alto (acima de US$30 milhões), não há restrições.

Além disso, outros participantes do mercado, bolsas, corretores e distribuidores também são obrigados a se registrar na SEC dentro de 90 dias após a vigência da lei.

Ainda seguindo o contexto de notícias sobre a regulamentação das criptomoeda na Tailândia, vale destacar que anteriormente, relatamos que a SEC tailandesa aprovou a negociação de sete criptomoedas “não-anônimas”, incluindo Ethereum, Bitcoin Cash, Ethereum Classic, Litecoin, Ripple e Stellar.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment