Considerando casos de bloqueios de sites, os tribunais russos devem necessariamente envolver os proprietários desses recursos. Isto foi afirmado no acórdão do Supremo Tribunal da Federação Russa.

O Ministério das Finanças russo propôs regulamentar a atividade de mineração de criptomoedas como empresa e introduzir um imposto sobre a atividade. Segundo relatórios do Tass, isto foi afirmado pelo vice-ministro das Finanças, Alexei Moiseyev, durante a discussão do projeto de lei sobre a regulamentação das tecnologias financeiras digitais.

“Nós nos referimos ao negócio de mineração. Ele pode ser tratado por empreendedores individuais ou pessoas jurídicas”, disse o funcionário.

Segundo Moiseyev, uma vez que o projeto de lei não contém disposições sobre o procedimento de tributação da mineração, os impostos sobre essa atividade devem ser cobrados de acordo com a legislação vigente.

Também se observa que a Duma do Estado da Federação Russa planeja finalizar a discussão sobre o status das criptomoedas na Rússia até o final da semana.

Recorde que a vice-presidente do Banco Central da Rússia, Olga Skorobogatova, afirmou que o regulador não reconhece as moedas criptográficas como meio de pagamento.