Rússia: três homens presos por lavagem de US$ 9 milhões em Bitcoin

Mineração de Bitcoin é mais rentável que tráfico de drogas e armas

Publicado em 10 de setembro de 2017 por

A polícia da Rússia prendeu três homens na semana passada, acusando-os de negociar ilegalmente 500 milhões de rublos (cerca de US$ 9 milhões) em Bitcoin, o que se tornou no primeiro caso criminal contra as vendas de Bitcoin no país, informou Vedomosti.

As prisões em Kostroma, cidade que fica a 260 quilômetros a nordeste de Moscou, demonstram o desejo do governo de reprimir a lavagem de dinheiro, o que representa um grande desafio para um país que quer apoiar o desenvolvimento da criptografia, de acordo com Forbes.

Publicidade

Publicidade

Irina Volk, assessora de imprensa do Ministério do Interior, disse que os homens estão sendo acusados ​​de lavagem de dinheiro. Os nomes não foram divulgados.

A polícia encontrou atividade em contas bancárias conectadas a 300 cartões bancários e cartões SIM usados ​​para armazenar Bitcoin. Os promotores acreditam que o dinheiro estava entrando em contas detidas pelos membros da família.

Bitcoin na Rússia

Sites de noticias e de negociações de criptomoedas foram bloqueados na Rússia para evitar que as pessoas negociassem rublos por criptos. Mas ninguém havia ainda sido acusado de tal crime no país.

Publicidade

Publicidade

A lavagem de dinheiro é um problema recorrente no país e as criptomoedas de certa forma fazem com esse tipo de atividade se torne mais fácil.

No momento, leis sobre regulamentação para as criptomoedas estão em discussão, mas nenhum projeto foi efetivamente apresentado.

Desafios e Oportunidades

Apesar dos bloqueios legais, o governo reconhece que a criptografia apresenta oportunidades na Rússia. O governo gostaria que mais tecnologias de criptografia se desenvolvessem dentro de suas fronteiras. O país tem o talento para fazer isso acontecer.

O regulador da Bolsa de Valores de Moscou disse em julho que a bolsa está explorando a legalização da negociação de criptografia no MOEX.

Alexei Moiseyev, o vice-ministro das Finanças, disse à publicação do Roissiya 24, em agosto, que a bolsa permitirá que os investidores qualificados troquem criptografia como forma de evitar grandes operações de lavagem de dinheiro. Ele disse que é importante poder acompanhar transações de criptografia.

O presidente do conselho executivo do Depositário de Liquidação Nacional MOEX, Eddie Astanin, disse que a diretoria quer criar uma infraestrutura amigável e segura para ativos digitais. Ele disse que a plataforma proporcionará proteção jurídica e tecnológica de todas as partes, mas aumentará a variedade de serviços pós-comércio para entidades emergentes neste setor da economia.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment