Shell, Citi, Credit Agricole e ConsenSys usarão Blockchain no comércio de commodities e matérias-primas

As blockchains cada vez mais tomam o controle do mercado global e, diante desse novo panorama, as pequenas e medias empresas devem começar a se preparar para a adoção da tecnologia.

Publicado em 24 de setembro de 2018 por

15 das maiores corporações do mundo fundaram a empresa Komgo SA, projetada para desenvolver uma plataforma de Ethereum com foco em financiar o comércio de vários produtos (do óleo ao trigo).

Entre as empresas fundadoras da Komgo SA estão: BNP Paribas, o ING, o Citi, a Shell, o MUFG Bank, o ABN AMRO e o Crédit Agricole Group. A empresa será sediada em Genebra.

“O lançamento da Komgo SA ressalta nosso desejo de criar uma rede verdadeiramente aberta e mais eficiente para uso no comércio de commodities”, disse Souleïma Baddi, CEO da Komgo SA.

O suporte técnico no desenvolvimento do novo site será fornecido por especialistas da startup ConsenSys.

“Estamos satisfeitos em ver que bancos e empresas comerciais se uniram para criar a Komgo SA, que simplificará radicalmente e acelerará o estabelecimento de relações de confiança e a disponibilidade de financiamento no setor de comércio”, salientou Joseph Lublin, chefe da ConsenSys.

Até o final do ano, a Komgo SA completará o desenvolvimento de dois projetos. Um deles inclui o processo acelerado de passar por procedimentos KYC usando criptografia na Blockchain sem a necessidade de sistemas centralizados. O segundo produto envolve a criação de cartas de crédito digitais, que permitirão que as organizações enviem dados digitalizados diretamente aos bancos da Komgo SA.

Vale ressaltar que anteriormente relatamos que, de acordo com o relatório da Bain & Company, em dez anos, o desenvolvimento da tecnologia de registro distribuído ajudará a aumentar o volume do comércio mundial em US$1 trilhão.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment