Para desenvolver tecnologias de Blockchain, as autoridades financeiras da Coréia do Sul estão preparando um plano para a legalização das Ofertas Iniciais de Moedas (ICO), que se tornarão novamente um alvo para investimentos por parte de investidores locais.

De acordo com o Korea Times, a Comissão de Serviços Financeiros da Coréia do Sul (FSC, na sigla em inglês) anunciou a criação de um Escritório especializado de Inovação Financeira para a regulamentação do setor de criptomoedas.

A decisão foi tomada durante uma reunião de representantes da FSC e do Ministério do Interior e da Segurança. De acordo com a ideia dos funcionários, o Escritório deve garantir a proteção dos investidores, ao mesmo tempo em que estimula o desenvolvimento de tecnologias financeiras, incluindo a Blockchain e as criptomoedas.

“O Escritório será responsável por supervisionar a política de inovação financeira (serviços financeiros usando tecnologia e grandes volumes de dados), além de responder a novos desenvolvimentos e desafios, como as criptomoedas”, apontou o representante da FSC.

Lembramos que anteriormente, no contexto do hacking à Bithumb, o governo sul-coreano anunciou um enrijecimento de sua regulamentação e aceleração da implementação do quadro regulatório para a indústria.