Suporte a Segregated Witness é adicionado à Blockchain do Emercoin

O fornecedor de soluções de Bitcoin e Blockchain, BitFury Group, juntamente ao First Block Capital, anunciou investimentos na startup Emercoin.

Publicado em 31 de julho de 2018 por

 

Desenvolvedores do Emercoin apresentaram mais de dez novas atualizações e melhorias no protocolo, adicionando, em particular, suporte ao Segregated Witness (SegWit). Além disso, foi lançada uma nova versão da carteira: agora ela corresponde às novas regras de Blockchain e kits descentralizados de desenvolvimento de software (dSDK).

De acordo com a equipe do Emercoin, essas atualizações foram o resultado de seis meses de trabalho.

“Primeiro de tudo, nós atualizamos o Emercoin para o Bitcoin Core 0.14 e adicionamos suporte ao SegWit. Ao remover informações sobre a assinatura da transação e armazená-la fora do bloco básico de transações, o SegWit reduz o tamanho de novas transações e, como resultado, reduz o tamanho da Blockchain, aumentando sua taxa de transferência”, explicou a mensagem no site da Emercoin.

O Transaction Optimizer também foi otimizado. Trata-se de um algoritmo que determina o melhor subconjunto de saídas não gastas de transações antecipadas (UTXO) para uma nova transação de saída. De acordo com os desenvolvedores, agora o Transaction Optimizer funciona 10 vezes mais rápido, e sua precisão é igual a algumas partes fracionárias do centavo, o que ajuda a reduzir o tamanho das transações e a Blockchain em geral. Também ficou mais fácil coletar o número necessário de EMC de diferentes UTXOs sem criar um UTXO adicional e desnecessário.

Além disso, o suporte para STUNs (utilitários para sessões para NAT, um mecanismo em redes TCP/IP, que permite converter endereços IP de pacotes de trânsito) foi atualizado e a lista de servidores disponíveis foi expandida: agora ela inclui mais de 200 servidores independentes, garantindo anonimato dos usuários na Blockchain do Emercoin. O registro de tipos de respostas STUN também foi adicionado.

A equipe da Emercoin chama atenção especial para o fato de que, devido a mudanças no núcleo da Blockchain, foi lançada a base para o serviço inovador RandPay, cujo lançamento está previsto para os próximos meses.

“Esta é uma solução para micro-transações e uma alternativa ao protocolo Lightning Network. RandPay trabalhará na Blockchain do Emercoin, e permitirá desenvolver em sua base outros serviços orientados para pagamento”, salientaram representantes da Emercoin.

Uma lista completa de atualizações está disponível no site do projeto.

Vale ressaltar que os desenvolvedores posicionam o EmerCoin como um sistema distribuído de informações confiáveis, estabelecendo como prioridade solução de problemas do mundo real e desenvolvimento do projeto como uma segura rede distribuída multisserviços. A criptomoeda com o mesmo nome usa um algoritmo de consenso híbrido proof-of-work e proof-of-stake.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment