Tecnologia blockchain na administração de imóveis

Blockchain imobiliaria

Publicado em 8 de outubro de 2016 por

O condado de Cook, Illinois, será o primeiro estado dos EUA a usar a tecnologia blockchain na administração de imóveis.

A Velox, uma desenvolvedora da tecnologia blockchain, irá fornecer a tecnologia que pretende diminuir os custos bem como fraudes em imóveis no condado, ela terá informações sobre prédios vagos para evitar transferências fraudulentas. Um programa piloto testará a compatibilidade entre os livros distribuídos e o modelo de banco de dados cliente-servidor.

Instituto cita Benefícios Blockchain

John Mirkovic, vice-presidente de ações de comunicação e TI, disse que vê a tecnologia blockchain como a próxima geração de sistemas de registros de terras. O escritório está ansioso por fazer parceria com um grupo interessado em aplicar a tecnologia em situações de “mundo real”.

Um registro público, com base em blockchain será um ponto de partida para alguém criar um registro de terras públicas a partir do zero, disse Mirkovic.

Blockchain auxilia operações

O software da Velox ajudará no teste, acredita-se que, com a blockchain, pode-se melhorar e simplificar os registros, reduzir a fraude e minimizar os custos para os moradores, disse Ragnar Lifthrasir, CEO da empresa e fundador da Blockchain Real Estate Association International (IBREA).

Os cartórios mantem seu próprio sistema de gerenciamento de registros de terra e tem sua própria equipe de TI. O escritório é eleito e opera separadamente do Governo do Condado de Cook.

O escritório, tendo a sua própria operação de TI e aproveitando o apoio de Karen A. Yarbrough, tabelionária, tem explorado a próxima geração de bases de dados para registro de terras de modo que o contribuinte possa armazenar, e encontrar todos os dados que procura em uma estrutura de registros invulnerável.

O escritório determinou três características que fazem os livros distribuídos ou blockchain opções viáveis:

  • O registro é imutável, permanente e imune a ataques do Estado.
  • Oferece um caminho para transferências de terras sem papel.
  • Reduz os custos para municípios em todo o país ao se deslocar para o processamento de documentos eletrônicos.

Transações Seguras sem remendos.

Tais características podem tornar as transações mais seguras e sem remendos, ao tornar o imobiliário mais líquido.

Publicidade

Publicidade

O município está dando um grande primeiro passo me direção à era moderna, ao fazer as transferências imobiliárias dentro de uma blockchain. De acordo com Lewis Cohen, sócio do escritório de advocacia Hogan Lowells em Nova York, que irá prestar assessoria jurídica ao projeto.

Armour Settlement Services LLC, uma empresa de título imobiliário nacional, que gere milhares de transações por ano, vai ajudar com testes de compatibilidade de cruzada. A empresa também vai liderar a consolidação de dados de propriedades diferentes em todo o condado.

Tali Raphaely, presidente do Armour Settlement Services, disse que o esforço irá criar um banco de dados imutável e minimizar as chances de que os proprietários e investidores de propriedade gastem fundos em propriedades que não podem ser transmitidas ou que estejam ocupadas.

Com base nos resultados do programa piloto, o IBREA poderia defender mudanças nas leis do estado que levarão a uma blockchain de registro público, disse Lifthrasir.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment