Tether admite parceria bancária nas Bahamas

O departamento de pesquisa da corretora Bitmex informou que as demonstrações financeiras divulgadas pelo Comissário para Instituições Financeiras de Porto Rico em 2017 mostram que o Noble Bank pode ser o banco onde a Tether Ltd mantém suas reservas.

Publicado em 2 de novembro de 2018 por

A Tether Limited, emissora do USDT, stablecoin vinculada ao dólar americano, confirmou oficialmente sua cooperação com o Deltec Bank, uma pequena instituição financeira das Bahamas. A empresa apresentou uma carta confirmando que possui fundos suficientes para garantir o volume total de tokens USDT emitidos.

“A Tether Limited tem o prazer de confirmar que estabeleceu relações com a Deltec Bank & Trust Limited, uma instituição financeira com 72 anos de história e com sede na Comunidade das Bahamas”, informou a empresa em um comunicado.

A Tether Limited foi aceita como cliente da Deltec depois de uma verificação completa da empresa – que incluiu uma análise de processos, políticas e conformidade legal, uma verificação completa das informações sobre acionistas, beneficiários finais e gerentes da Tether Limited, bem como uma avaliação da capacidade da empresa de manter o vínculo com o dólar a qualquer momento e sua política de gerenciamento de reservas.

“Essa auditoria levou vários meses e produziu resultados positivos, o que nos permitiu abrir uma conta bancária nesta instituição. A Deltec realiza inspeções da nossa empresa com regularidade”, acrescentou a Tether.

O comunicado da Tether também afirmou que a empresa está registrada na Rede de Combate a Crimes Financeiros (FINCEN) e no Departamento do Tesouro dos EUA e adere aos mais altos padrões em procedimentos contra lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

A mensagem foi acompanhada por um link para uma carta do Deltec Bank, que afirma que, ao final do dia útil de 31 de outubro de 2018, a conta do Tether Limited contava com um valor em dinheiro de US$1.831.322.828.

“Esta carta é fornecida sem quaisquer obrigações de nossa parte e é baseada unicamente nas informações que estão à nossa disposição”, diz o documento.

Assim, com base nesta carta e levando em consideração a atual capitalização do USDT (US$1,772 bilhão), a Tether realmente tem fundos suficientes para garantir o volume total de tokens emitidos. No entanto, a questão de saber se eles foram fornecidos em todas as fases da empresa, permanece sem resposta.

Outro fato notável é que, na carta, contrariamente à prática aceita, não há assinatura de qualquer funcionário do banco.

Vale destacar que o fato de que a Tether poderia firmar uma parceria bancária nas Bahamas se tornou conhecido em meados de outubro. Simultaneament, foi relatado que a Bitfinex, uma corretora afiliada à empresa, entrou em um acordo de parceria com o Bank of Communications, sediado em Hong Kong e parcialmente pertencente ao conglomerado financeiro HSBC Holdings.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment