Autoridades venezuelanas informam sobre US$735 milhões arrecadados no primeiro dia de pré-venda do El Petro

O presidente da Venezuela, Nicholas Maduro, anunciou o lançamento de um banco de jovens, cujo capital será formado a partir da criptomoedas nacional El Petro.

Publicado em 21 de Fevereiro de 2018 por

O presidente da Venezuela, Nicholas Maduro, afirmou que seu país arrecadou US$735 milhões no primeiro dia da pré-venda privada da criptomoeda nacional do país, o El Petro.

Vale ressaltar que a Reuters observa que ainda não há evidências de que este montante realmente tenha sido coletado. Além disso, não há informações sobre os participantes da pré-venda.

No entanto, em seus tweets, o presidente do país continua a falar do sucessos em fortalecer a soberania econômica da Venezuela, “revolução tecnológica”, redução da diferença entre os ricos e os pobres, bem como sobre o novo modelo econômico.

ATUALIZAÇÂO 1: A NEM Foundation confirmou que sua plataforma de Blockchain foi utilizada na emissão do El Petro.

ATUALIZAÇÂO 2: Logo se tornou conhecido que Nicholas Maduro ordenou que a empresa petrolífera PDVSA, gigante petroquímico Petroquímica de Venezuela (Pequiven) e a empresa de mineração CVG realizassem parte das transações em El Petro.

Em janeiro, o parlamento do país votou contra a emissão de El Petro: de acordo com alguns deputados da Assembléia Nacional da Venezuela, a emissão de uma criptomoeda “ideal para práticas corruptas” é ilegal e viola a Constituição do país.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment