Aplicativos falsos para mineração são encontrados em Google Play

Especialistas da Avast descobriram dois novos aplicaticos na Google Play – SP Browser e Mr. MineRusher – com um malware incorporado para a mineração de Monero. De acordo com o portal ITPro, milhares de usuários já baixaram os apps.

Publicado em 16 de outubro de 2018 por

Aplicativos supostamente para mineração de XRP, Cardano e Tether foram lançados na Google Play. No entanto, como descobriram especialistas da Fortinet, esses aplicativos imitam o processo de mineração de moedas e são criados para exibir publicidade aos usuários. Isso foi relatado pelo Bleeping Computer.

As pseudo-mineradoras mostram um hashrate aleatório e um número inexistente de criptomoedas minadas. Quando o usuário tenta transferir as moedas para a carteira, o aplicativo mostra um erro.

O truque é que a “mineração” ocorre enquanto o aplicativo está em execução. Neste momento, o usuário vê anúncios e os criadores do app ganham dinheiro.

De acordo com Lucas Stefanko, pesquisador da ESET, um aumento no número de tais aplicativos falsos foi observado no final de 2017 e em janeiro de 2018. Em sua opinião, a popularidade desses aplicativos aumenta durante períodos de altos preços de ativos digitais.

OBS: Ripple, Cardano e Tether não são moedas mineráveis.

Vale notar que em junho, a Apple proibiu aplicativos para mineração de criptomoedas na App Store. Um mês depois, o Google Inc. fez a mesma coisa.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment