Assembléia Nacional da Coréia do Sul recomenda revogação da proibição de ICOs

Cientistas da Universidade da Califórnia em Santa Barbara, da Universidade de Michigan e da Universidade de Stanford desenvolveram um algoritmo de aprendizagem de máquinas ICORATING capaz de detectar ICOs fraudulentas.

Publicado em 29 de Maio de 2018 por

A proibição da realização de Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) na Coréia do Sul pode ser cancelada em vista da recomendação oficial emitida pelo comitê especial da Assembléia Nacional para a Quarta Revolução Industrial. Isso foi relatado pela Business Korea.

Em particular, o comitê acusou o governo de negligenciar suas responsabilidades no setor de Blockchain e instou o estudo de propostas que visem proteger os investidores no mercado de ICOs.

Além disso, funcionários do departamento pediram a formação de um grupo de trabalho de trabalhadores do governo e especialistas independentes para desenvolver políticas no setor de Blockchain e garantir a transparência da negociação em criptomoedas.

“Criaremos uma base legal para negociação em criptomoedas, incluindo a permissão para conduzir ICOs através do Comitê Permanente da Assembléia Nacional”, disse o comunicado.

Lembramos que a proibição da realização de Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) na Coréia do Sul está em vigor desde setembro de 2017. No início de março, a mídia local informou que as autoridades sul-coreanas estão preparando um plano para legalizar ICOs com o objetivo de desenvolver tecnologias de Blockchain.

Em maio, o Partido Democrático da Coréia do Sul, com o apoio de legisladores, começou a desenvolver um quadro legal e regulatório para a legalização de ICOs.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment