Estabelecida no final do ano passado, a Korean Blockchain Association (KBA) propôs um conjunto de regras para a autorregulação projetada de estabelecimento de padrões para a operação de corretoras criptomonetárias.

O governo sul-coreano considerará, em novembro, a suspensão da proibição envolvendo Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs). Isso foi anunciado por Hong Nam-ki, chefe do escritório de coordenação de políticas estatais, e divulgado pela CoinDesk.

Ele adicionou que em novembro, reguladores locais convocarão uma reunião a respeito desse assunto após os resultados de um estudo iniciado em setembro.

Nam-ki salientou que a introdução de ICOs no campo legal do país ajudará no desenvolvimento da indústria local de Blockchain.

Lembramos que num contexto similar, em meio deste ano, tornou-se conhecido que o Partido Democrático da Coréia do Sul iniciou o desenvolvimento de um quadro legal para a legalização de ICOs no país.