Binance adicionará novas stablecoins à sua listagem

ote que essa Exchange não trabalha com compra direta por fiat, apenas criptomoedas. Ao utilizar a Binance, portanto, é necessário que o usuário possua uma certa quantia em criptomoedas em sua carteira (especialmente Bitcoin), considerando-se que a maioria das trocas é feita entre BTC/Altcoin.

Publicado em 19 de outubro de 2018 por

A Binance, maior corretora criptomonetária da atualidade está considerando a possibilidade de adicionar novas stablecoins além das três já apresentadas na plataforma. Isso foi relatado pela CoinDesk.

“Esperamos poder adicionar mais algumas stablecoins à nossa listagem, afirmou Wei Zhou, diretor financeiro da corretora.

Ele acrescentou que a nova iniciativa não representa a perda da confiança da empresa no Tether USD (USDT) – este último ainda não restabeleceu a paridade com o dólar americano e está atualmente sendo negociado a cerca de US$0,98.

“Acreditamos que tudo vai se encaixar. Continuaremos a apoiar o USDT”, acrescentou ele.

A Binance começou a mostrar um significativo interesse nas stablecoins mesmo antes dos dramáticos eventos envolvendo o Tether: no final de setembro, a maior corretora em termos de volume de negociação adicionou suporte ao Paxos Standard (PAX), e anteriormente, em maio, ao TrueUSD (TUSD).

Wei disse também que a equipe de pesquisa da Binance estava analisando quase todas as stablecoins no mercado, salientando que existe uma alta probabilidade de que a próxima stablecoin na listagem da corretora será o Gemini Dollar (GUSD).

Vale notar que as “novas stablecoins” acima mencionadas também perderam paridade com o dólar norte-americano. No entanto, ao contrário do USDT, todas elas estão sendo negociadas um pouco acima de US$1.

Voltando ao Tether, Wei enfatizou o significado desta moeda:

“Nós realmente acreditamos que esta stablecoin é um fator que agora é crucial para o nosso ecossistema”.

Lembramos que nesta semana, a Binance teve que suspender por algum tempo a possibilidade de retirar USDT, cuja volatilidade aumentou anormalmente em meio ao rápido crescimento das vendas. Segundo Wei, o pânico foi causado pela “disseminação de rumores falsos” sobre o Tether.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment