A empresa chinesa Bitmain abriu uma nova representação estrangeira, desta vez no cantão suíço de Zug; isso de acordo com a edição local da Handelszeitung.

A empresa chinesa Bitmain abriu uma nova representação estrangeira, desta vez no cantão suíço de Zug; isso de acordo com a edição local da Handelszeitung.

Este passo do maior fabricante de equipamentos de mineração foi consequência de inúmeros relatórios sobre a intenção das autoridades chinesas de limitar o consumo de energia dessa indústria e pedir aos departamentos locais que “direcionem os mineiros a uma saída sistemática dos negócios”.

O cantão suíço de Zug é conhecido por seu clima favorável às empresas que mineram criptomoedas e abriga várias dezenas de representantes da indústria.

“A Bitmain Suíça desempenhará um papel fundamental à nossa expansão global”, disse o porta-voz da empresa chinesa.

Também foi relatado que a Bitmain planeja contratar novos funcionários na Suíça e cooperar com autoridades locais – incluindo o Serviço de Vigilância de Mercado Financeiro (FINMA).

Como relatado anteriormente por nós, a Bitmain abriu uma sede em Singapura e lançou operações de mineração nos EUA e no Canadá.