A empresa chinesa Bitmain – maior fabricante mundial de equipamentos de mineração – começou a mudar suas instalações para fora do país. Segundo o co-fundador da Bitmain, Jihan Wu, a empresa já abriu sede em Singapura e também lançou operações de mineração nos EUA e no Canadá.

A empresa chinesa Bitmain – maior fabricante mundial de equipamentos de mineração – começou a mudar suas instalações para fora do país. Segundo o co-fundador da Bitmain, Jihan Wu, a empresa já abriu sede em Singapura e também lançou operações de mineração nos EUA e no Canadá. Isso foi relatado pela Bloomberg.

Vale ressaltar que a terceira maior pool de mineração da China, o BTC.top abriu uma unidade no Canadá. Outra grande pool de mineração, a ViaBTC, abriu sucursais na Islândia e nos EUA. Tais medidas são causadas pelo aumento da pressão das autoridades chinesas sobre a indústria de criptomoedas.

Lembre-se de que no ano passado, reguladores do país proibiram a realização de ICOs. Além disso, as maiores corretoras de criptomoedas da China foram fechadas.

Nesta semana, o governo apresentou várias propostas destinadas a conter o exponencial crescimento da indústria de mineração: foi sugerido a limitação do consumo de energia pela indústria e que os departamentos locais “direcionem os mineiros à saída sistemática dos negócios”.