Gor Gevorkyan, um minerador da Carolina do Norte, acusou a Bitmain de usar as capacidades dos usuários para minar criptomoedas. Isso foi relatado pelo Crowdfund Insider.

Ele disse que há cerca de dois anos, imediatamente após a compra, os dispositivos ASIC da Bitmain funcionavam no modo de baixa energia e não mineravam criptomoedas até que as configurações da conta do usuário fossem concluídas.

“Recentemente, a Bitmain mudou o procedimento para o lançamento de seus dispositivos ASIC para que os dispositivos sejam inicializados imediatamente no modo completo com alto consumo de energia antes que a conta do cliente seja vinculada ao dispositivo”, afirmou o minerador.

Como acrescentou Gevorkian, por padrão, as moedas mineradas se acumulam na própria conta da Bitmain em seus servidores Antpool.

O minerador já entrou com uma ação contra a Bitmain no tribunal da Carolina do Norte: segundo ele, o tribunal local tem o direito de considerar seu caso, já que a empresa de mineração tem um escritório em Santa Clara, na Califórnia.

Lembramos que em outubro, a Bitmain introduziu uma atualização de software para seus produtos Antminer S9 que envolvia o controverso algoritmo de otimização AsicBoost.