Buscadores e redes sociais chinesas bloqueiam publicidade de Bitcoin e outras criptomoedas

Grandes redes sociais e buscadores na China deixaram de exibir conteúdo de publicidade ou patrocínio associado ao Bitcoin e outras criptomoedas.

Publicado em 4 de Fevereiro de 2018 por

Grandes redes sociais e buscadores na China deixaram de exibir conteúdo de publicidade ou patrocínio associado ao Bitcoin e outras criptomoedas. Isso foi relatado pelo South China Morning Post.

Consultas de pesquisa contendo as palavras “Bitcoin”, “criptomoeda” e “ICO” levam os usuários a outras notas jornalísticas; vale ressaltar que a publicidade relacionada aos ativos digitais não foi mais exibida pelo maior motor de pesquisa do país – Baidu – ou pelo Twitter analógico chinês – o microblog Weibo.

Publicidade

Publicidade

Representantes da Weibo confirmaram que o site atualmente bloqueia todas as propagandas relacionadas ao Bitcoin e outros ativos criptográficos. No Baidu, a situação não foi comentada.

De acordo com a publicação, o bloqueio poderia ser uma consequência direta da proibição de Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) ocorrida em setembro do ano passado, quando então, o People’s Bank of China chamou essas campanhas de fraudulentas. Vale ressaltar que como consequência, mais de 90% das startups locais que realizaram ICO foram obrigadas a retornar os fundos aos investidores.

Deve-se notar que esta não é a primeira mensagem a respeito do bloqueio da publicidade sobre criptomoedas na China: em agosto de 2016, foi relatado que o Baidu, sem aviso prévio, removeu todos os anúncios relacionados ao Bitcoin e outros ativos digitais.

Publicidade

Publicidade

Lembre-se de que no início desta semana, as publicidades sobre criptomoedas e ICOs foram proibidas no Facebook, pois, como afirma a empresa, os anúncios devem ser confiáveis ​​e ganhar a confiança das pessoas e, no Facebook, não há lugar para anúncios enganosos.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment