Coinmarketcap introduz novidades

Na segunda-feira, 8 de janeiro, a CoinMarketCap excluiu dados de Exchanges sul-coreanas dos cálculos das taxas médias ponderadas do Bitcoin e de outras criptomoedas sem qualquer notificação.

Publicado em 14 de julho de 2018 por

A Coinmarketcap, um dos serviços de análise criptográfica mais populares do mundo, introduziu várias pequenas atualizações a seu portal.

O recurso melhorou a função “lista de observação” e atualizou a pesquisa segmentada para dispositivos móveis.

“Hoje nós atualizamos o site. No cabeçalho foi disponibilizado um interruptor de modo noturno, o limite da lista de vigilância foi aumentado para 250”, observaram os desenvolvedores.

Coinmarketcap introduz novidades. BTCSoul.com

Nos comentários em tweets, usuários perguntaram quando o aplicativo da Coinmarketcap para Android será exibido. A versão móvel do site para iOS apareceu em maio.

A popularidade do site aumentou significativamente nos últimos anos, e agora, de acordo com a classificação Alexa, ele se encontra entre os 300 sites mais visitados do mundo.

Note que, nesse contexto, a Coinmarketcap enfrenta uma crescente concorrência de outros provedores de informação, como por exemplo, a empresa de mídia Thomson Reuters, que anunciou a renovação do feed de criptomoedas.

Ainda em menção à Coinmarketcap, vale ressaltar que no início deste ano, o portal foi severamente criticado por sua decisão de excluir dados de três corretoras coreanas de sua plataforma, já que isso causou uma mudança no preço do Bitcoin e de várias outras criptomoedas.

Em resposta à indignação dos usuários, o proprietário da Coinmarketcap, Brandon Chez, afirmou que a empresa continua a se portar como “uma fonte neutra e precisa para a comunidade de criptomoedas”.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment