Criptomoedas ainda têm muitos problemas para serem integradas ao Facebook

O vice-presidente do Facebook, David Markus, afirmou que, no futuro previsível, a empresa não planeja lançar um sistema de pagamentos em criptomoedas na plataforma

Publicado em 7 de Fevereiro de 2018 por

O vice-presidente do Facebook, David Markus, afirmou que, no futuro previsível, a empresa não planeja lançar um sistema de pagamentos em criptomoedas na plataforma, informa a  Coindesk.

De acordo com Marcus, ainda existem muitos problemas e fatores negativos relacionados às criptográficas existentes, incluindo altas taxas de remessa e baixos índices de confirmação de transações.

“Quando a indústria começar a se autorregular melhor, quando um número significativo de produtos decentes que precisam de publicidade na plataforma aparecer – nesta fase, pensaremos em algo para integrar essas coisas”, afirmou Marcus.

Vale ressaltar que, no final de 2017, ele se juntou ao conselho de diretores da maior plataforma americana de câmbio, a Coinbase. De acordo com Marcus, se a comunidade de desenvolvimento “corrigir todos os problemas”, o Facebook pode reconsiderar sua posição.

Esta declaração foi feita alguns dias depois que o Facebook proibiu a publicidade de criptomoedas e ICOs em sua plataforma.

“Adotamos uma nova política que proíbe a publicidade de produtos e serviços financeiros que muitas vezes são associados a atividades enganosas: opções binárias, Ofertas Iniciais de Moedas e criptomoedas”, disse a empresa em comunicado.

Em entrevista, Marcus também abordou essas questões, observando que a proibição se deve ao desejo de “proteger a comunidade”. Segundo ele, uma ICO fraudulenta pode prejudicar a reputação de toda a indústria das criptomoedas.

Vale lembrar que no início de janeiro, o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, informou sobre a possível integração de aplicativos descentralizados aos serviços da plataforma.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment