Ex-chefe da OKEx junta-se à Huobi

A Huobi, corretora de criptomoedas que por questões legais decidiu deixar a china há alguns meses, anunciou planos de abrir um escritório em Londres.

Publicado em 21 de Maio de 2018 por

Chris Lee, ex-CEO de uma das maiores corretoras de Bitcoin do mundo, a OKEx, continuará sua carreira como vice-presidente de desenvolvimento de negócios globais em uma empresa concorrente, a Huobi.

Na mensagem da Huobi, foi dito que Chris Lee liderará o grupo responsável pela estratégia de fusões e aquisições globais e será encarregado de supervisionar o desenvolvimento internacional da corretora.

“Acredito profundamente na tecnologia de Blockchain e considero as corretoras um componente chave da indústria”, afirmou Chris Lee.

A notícia de que Lee começará a trabalhar na Huobi chegou apenas uma semana depois de ele deixar o cargo de CEO da OKEx. Como veiculado então, ele deu esse passo por razões pessoais, incluindo o desejo de “começar uma nova vida”.

Como observado pela CoinDesk, em uma postagem pública no WeChat, Chris Lee enfatizou que nos últimos anos, muitos executivos de alto nível passaram pela OKCoin (antigo nome da OKEx).

“Meu antigo empregador… eu fiz tudo o que pude. A primeira geração de equipes de gerenciamento foi embora. Quantos representantes da segunda geração restam? E quantos diretores técnicos deixaram a empresa nos últimos três ou quatro anos?”, escreveu ele.

Lembramos que a corretora OKEx foi baseada na China continental, onde operava sob o nome OKCoin, sendo uma das plataformas de negociação mais populares do mundo. Devido à pressão das autoridades chinesas, a corretora mudou-se para Hong Kong e continuou a operar sob uma nova denominação.

Note que a OKEx já foi acusada de estar envolvida na manipulação de preços no mercado de futuros de Bitcoin, tendo rejeitado categoricamente essas alegações.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment