O CEO da corretora chinesa de Bitcoin, OKCoin, Star Xu, informou no grupo geral do WeChat a seus funcionários e ao chefe do Banco Popular da China sobre a expansão da organização no exterior e pesquisas no campo da tecnologia de Blockchain.

Hoje, 15 de novembro, devido a uma falha técnica na plataforma, a grande Exchange chinesa OKCoin começou a mostrar o valor do preço de Bitcoin a US$15.151, fato após o qual ficou off-line. As capturas de tela correspondentes foram feitas por alguns usuários do Twitter.

Um dos usuários de redes sociais brincou que a Exchange provavelmente “seguiu o exemplo do Zimbábue”, onde a hiperinflação levou o preço da Primeira Moeda a quase US$10 mil.

A plataforma analítica CryptoCompare escreveu que a OKCoin “se perdeu no continuo espaço-tempo” e agora está transmitindo os preços do futuro.

Enquanto isso, a bolsa permanece off-line. Os usuários que tentam baixar a página principal da OKCoin são informados de que a partir desse momento, a plataforma não está mais disponível para residentes da Coréia do Norte, Síria, Irã, Sudão, Bangladesh, Bolívia, Equador, Quirguistão e EUA.

Exchange OKCoin mostra preço do Bitcoin "no futuro" e fica off-line. BTCSoul.com

Lembramos que a OKCoin é um dos poucos sites comerciais chineses que continuou a trabalhar após as rigorosas medidas regulamentares tomadas pelas autoridades do país em relação às Exchanges e às Ofertas Iniciais de Moedas.