Facebook permite publicidade limitada de criptomoedas

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, está interessado em estudar criptomoedas e tecnologias de criptografia com o objetivo de – possivelmente – integrá-las à maior rede social do mundo.

Publicado em 27 de junho de 2018 por

Nesta terça-feira, dia 26 de junho, a maior rede social do mundo, o Facebook, anunciou a revisão da proibição total de campanhas publicitárias para criptomoedas. Nesse contexto, os anunciantes previamente aprovados poderão postar conteúdo sobre criptomoedas e tópicos relacionados, exceto ICOs.

Para obter permissão para publicar produtos e serviços de publicidade no campo da criptografia, os anunciantes devem fornecer ao Facebook dados sobre licenças, listagem em corretoras de valores e qualquer informação pública importante sobre seu negócio.

O Facebook tomará decisões com base nos dados recebidos dos anunciantes, sendo que, no entanto, como já avisado pela organização, nem todos serão aprovados.

A empresa prometeu ouvir a opinião da comunidade, aprender mais sobre a tecnologia e rever as regras, se necessário.

Lembre-se de que anteriormente, o Facebook e o Instagram haviam proibido publicidade de ICOs e moedas criptográficas, sendo posteriormente seguidos pelo Google.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment