Uma das maiores empresas de Internet da Coréia do Sul, Kakao, anunciou oficialmente a criação da subsidiária Ground X, especializada em tecnologias de Blockchain.

Uma das maiores empresas de Internet da Coréia do Sul, Kakao, anunciou oficialmente a criação da subsidiária Ground X, especializada em tecnologias de Blockchain. Isso foi informado pelo portal Yonhap.

Durante a conferência de imprensa, representantes da empresa operadora do KakaoTalk – um popular messenger da Coréia do Sul –, contaram sobre o lançamento de uma nova unidade que desenvolverá sua própria plataforma de Blockchain. O novo produto será aberto ao público e se tornará a base sobre a qual desenvolvedores poderão criar seus aplicativos. O lançamento da nova plataforma deve ocorrer neste ano.

Também está previsto que o Ground X permita a integração de todos os futuros serviços de Blockchain aos já existentes serviços da Kakao, assim como afirmam os CEOs da empresa, Joe Su-yong e Yeo Ming-su.

“Com o Kakao 3.0, continuaremos a explorar nosso potencial de crescimento, integrando serviços das empresas da Kakao e expandindo ativamente nossa presença no mercado global”, observou Su-yong.

Note que, de acordo com a ZDNet, Su-yong negou os rumores anteriores sobre a emissão da criptomoeda Kakao Coin e a realização de uma ICO fora da Coréia do Sul, onde tais campanhas são proibidas.

Lembre-se de que anteriormente relatamos que a empresa Kakao, em parceria com a Bittrex, pretende abrir uma nova plataforma de negociação: a UPbit.