Mais 250 milhões de tokens USDT, da Tether, são liberados

Na terça-feira, dia 23 de janeiro, a Tether Ltd suspendeu a emissão de Tokens USDT. Foi neste dia também que o correio entregou uma convocação da Comissão de Negociação de Futuros dos EUA (CFTC) aos representantes da empresa.

Publicado em 21 de Maio de 2018 por

A Tether conduziu uma emissão adicional, liberando 250 milhões de tokens USDT. A emissão, como mostrado pelo Omni Explorer, foi realizada em 18 de maio. Isso foi relatado pela CoinTelegraph.

O USDT é a chamada Stable Coin (moeda estável). Trata-se de dólares tokenizados, garantidos, assim como afirma a empresa, pela moeda nacional dos Estados Unidos.

Vale notar que esta é a segunda grande emissão do USDT nos últimos meses: em março, a empresa emitiu 300 milhões de moedas.

Após a nova emissão, o número total de tokens USDT emitidos chegou a 2,5 bilhões, e como observa o jornal, a comunidade de criptomoedas ainda duvida que todas essas moedas sejam realmente garantidas por dólares norte-americanos.

Um dos maiores críticos da Tether é o blogueiro anônimo Bitfinex’ED, que em março de 2018 revelou uma ligação entre a emissão de novas moedas Tether e o aumento dos preços do Bitcoin e do Ethereum. A publicação também observava que, após a emissão atual de novos tokens USDT, a taxa do Bitcoin aumentou em cerca de US$120, e a do Ethereum, em US$10.

Anteriormente, a corretora Bitfinex, de Hong Kong, conhecida por ter laços estreitos com a Tether, ameaçou Bitfinex’ED com uma ação judicial. No entanto, como a auditoria da empresa não foi realizada, a confiabilidade da alegada relação de 1 USDT para US$1 ainda não foi comprovada.

Note que como relatado no início deste ano no estudo da BitMEX, é muito provável que o USDT realmente tenha a garantia declarada de dólares, mas pode enfrentar problemas regulatórios. Os analistas também observaram que a falta de transparência da Tether, frequentemente citada pelos críticos, não necessariamente representa uma fraude.

É importante destacar também que, se até recentemente a Tether era realmente considerada um monopolista no mercado de moedas estáveis, em breve provavelmente terá um concorrente denominado TrueUSD, cujo desenvolvimento foi iniciado pela empresa Circle, que no início deste ano tornou-se proprietária da popular corretora Poloniex.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment