Mídia: Telegram iniciará testes de plataforma TON ainda neste ano

O Telegram criou o primeiro serviço para a plataforma TON (Telegram Open Network) para armazenamento de dados pessoais, o denominado Telegram Passport. Clientes poderão fazer upload de documentos, dados do passaporte e detalhes para pagar com criptomoedas.

Publicado em 16 de outubro de 2018 por

Ainda neste ano, o Telegram lançará sua própria plataforma de Blockchain – a Telegram Open Network (TON) – em modo de teste. Isso foi relatado em uma carta enviada aos investidores da TON, e divulgado pelo Vedomosti.

A mensagem diz que o mecanismo de contratos inteligentes TON Virtual Machine (TVM) está 95% pronto. O desenvolvimento dos protocolos e da rede de Blockchain TON também está em fase final.

A maioria dos protocolos para o TON foi escrita pelos desenvolvedores do zero. É possível que o TON possa se tornar uma plataforma com sua própria Internet, assim como comentou Alexey Blagirev, gerente do projeto para o desenvolvimento de R3 e Corda no CIS, em uma entrevista para o jornal.

De acordo com uma fonte familiarizada com os detalhes do projeto, a parte já escrita dos protocolos da Blockchain da TON é uma maneira nova e quase descentralizada de trocar dados.

Vale notar que no dia 16 de outubro, o projeto Minter, dos criadores do Decenter, anunciou uma integração com a Blockchain da TON.

Lembramos que informações sobre a Telegram Open Network surgiram ainda no ano passado. Em dezembro, foi publicado um documento assinado por Nikolai Durov que descrevia o projeto.

Em 2018, como parte de duas rodadas de uma ICO privada da TON, o Telegram levantou US$1,7 bilhão de 175 investidores.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment