Opinião: uma das razões para o colapso do mercado é a partida dos traders para stablecoins

A correção do Bitcoin em 2018 não repetirá cenário de quatro anos atrás devido a significativas mudanças na estrutura do mercado. Esta suposição foi feita pelo analista e investidor de criptomoedas Willie Wu

Publicado em 20 de novembro de 2018 por

Uma das razões para o colapso do preço do Bitcoin e de outras criptomoedas pode ser a crescente popularidade das stablecoins: nelas, muitos traders veem um “porto seguro” durante períodos de incerteza.

O Tether USD, por exemplo, mantém firmemente sua posição no mercado, ainda que esteja sendo muito criticado – de acordo com a CoinMarketCap, a moeda está no oitavo lugar da classificação:

A taxa da stablecoin recuou um pouco nos últimos dias e atualmente está em US$0,9785. Sua capitalização, que agora se encontra em um nível um pouco acima de US$1,6 bilhões, também está diminuindo:

No entanto, isso não significa que a popularidade do USDT esteja diminuindo rapidamente: nos últimos tempos, o volume de negociações nesse ativo vem crescendo e, de acordo com esse indicador, a moeda é inferior apenas ao Bitcoin:

Dado fornecidos por: CoinMarketCap

Emparelhado com o Bitcoin, o USDT é mais popular que o dólar americano fiduciário:

Dado fornecidos por: CryptoCompare

Vale ressaltar que os rivais do Tether não querem ficar para trás: a stablecoin USDC, promovida pela Circle, já está na 49ª posição, e em breve estará na lista da Binance. Ela é um pouco supervalorizada (US$1,04), o que pode indicar uma crescente demanda. Como no caso do Tether, recentemente houve um significativo aumento no volume de negociação em USDC.

Além disso, o Paxos (51º lugar na classificação) e o TrueUSD (43º lugar) estão rapidamente ganhando popularidade. Já na 235ª posição, é possível observar a stablecoin Gemini Dollar. O preço de mercado de todas essas moedas também excede ligeiramente a marca de US$1.

De acordo com Artyom Deyev, principal analista da Amarkets, o recente desejo dos traders de investir em stablecoins coloca uma pressão tremenda no preço do BTC, sendo essa uma das razões para o colapso do mercado. A situação se agrava pela incerteza na véspera do hardfork do Bitcoin Cash, cujos desenvolvedores se dividiram em dois campos opostos.

Além disso, Deyev tem certeza de que após a quebra do nível de suporte chave na região de US$6 mil, o preço provavelmente diminuirá ainda mais. O próximo objetivo poderia ser o nível de US$4,8 mil.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment