Ripple é acusada pela terceira vez de inflacionar deliberadamente preço do token XRP

Nesta quinta-feira, dia 23 de novembro, a Huobi Pro lançou negociações em Ripple (XRP). De acordo com a Exchange, o comércio será realizado em pares XRP/BTC e XRP/USDT.

Publicado em 6 de julho de 2018 por

Na Califórnia, mais um processo foi aberto contra a Ripple Labs, Garlinghouse e sua divisão de serviços financeiros. O autor do processo, David Oconer, exige que a criptomoeda XRP seja reconhecida como título.

Oconer acusou a empresa de violar as leis dos valores mobiliários.

“Os mecanismos de gerenciamento e distribuição das criptomoedsa do XRP mostram que é um título”, disse o processo.

David Oconer lembrou que em maio de 2017 a empresa decidiu limitar o fornecimento de moeda digital no mercado e anunciou sua intenção de depositar 55 bilhões de tokens XRP na conta de títulos. Esta notícia foi ativamente anunciada por Garlinghouse, que aumentou significativamente o valor da moeda.

“O preço do XRP subiu de aproximadamente US$0,22 por tokens em 7 de dezembro de 2017 para US$3,38 em 7 de janeiro de 2018”, observou o autor.

Note que o processo de Oconer foi o terceiro apresentado contra a Ripple. Em maio, o investidor do XRP, Ryan Coffey, entrou com uma ação coletiva, argumentando que a empresa realizou uma “ICO infinita”, que deveria ser classificado como uma venda de títulos.

Em junho, Vladik Zakinov recorreu para o tribunal da Califórnia e alegou que a Ripple não registrou o XRP antes da venda, embora o token seja um “título controlado pela empresa”.

Por sua vez, a Ripple nega todas as acusações, apontando que o token XRP “não atende aos critérios de segurança com base na definição histórica da lei dos tribunais”.

Por fim, ainda no contexto de notícias sobre a Ripple, lembramos ao leitor que em abril, o ex-chefe do CFTC, Gary Gensler, afirmou que a criptomoeda da empresa pode ter sido emitida em violação à legislação de valores mobiliários dos EUA. Leia mais sobre isso aqui.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment