Tribunal pode retirar acusações de Ross Ulbricht de assassinato por contrato

Na quinta-feira, dia 28 de junho, a Suprema Corte dos EUA rejeitou uma petição para revisão da sentença de prisão perpétua para Ross Ulbricht, fundador do Silk Road, um mercado de Bitcoin baseado na darknet. Esta notícia atingiu não apenas os apoiadores de Ross, mas também muitos defensores da privacidade online em geral.

Publicado em 26 de julho de 2018 por

O Promotor do Condado de Maryland, Robert Hur, apresentou uma petição ao Tribunal Distrital de Maryland para a remoção de acusações de assassinato por contrato por parte do fundador da Silk Road, Ross Ulbricht.

Tribunal pode retirar acusações de Ross Ulbricht de assassinato por contrato. BTCSoul.com

Hur justificou sua decisão pelo fato de que a Suprema Corte dos EUA já havia rejeitado a moção para rever a sentença de prisão perpétua, deixando em vigor a decisão do tribunal de primeira instância.

Vale notar que o próprio Ulbricht e seus defensores estão convencidos de que foi a acusação de contratar o assassino que levou o juiz a delegar uma sentença tão severa ao fundador da Silk Road.

Hur também enfatizou que o prisioneiro deve permanecer na instituição correcional.

Ross Ulbricht, que recentemente lançou uma página no Twitter, acredita que a remoção dessas acusações facilitaria sua luta pela libertação.

Ainda em menção ao fundador da Silk Road, lembramos que anteriormente, uma petição foi publicada no site Change.org, pedindo ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que perdoasse Ross Ulbricht.

Mais de 35 mil pessoas já assinaram a petição.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment