UE cria associação de Blockchain com participação dos maiores bancos

Mais de 20 países da UE assinaram, nesta segunda-feira, 9 de abril, uma declaração sobre o estabelecimento de uma parceria europeia no campo das tecnologias de Blockchain. Isto foi relatado pela RIA-Novosti com referência ao serviço de imprensa da Comissão Europeia.

Publicado em 24 de novembro de 2018 por

Os cinco maiores bancos europeus, incluindo o gigante bancário espanhol BBVA, receberam um convite para ingressar na Associação Internacional de Aplicações Confiáveis de Blockchain dos Países da União Europeia (IATBA, na sigla em inglês). Isso foi relatado pelos representantes do banco em um comunicado de imprensa oficial.

Espera-se que a IATBA comece a trabalhar no primeiro trimestre de 2019, e que seu lançamento seja precedido pelo lançamento de um fórum temático.

Notavelmente, os nomes de outros bancos envolvidos na iniciativa ainda não foram divulgados, e a mensagem do BBVA até agora é a única sobre esta questão.

A IATBA desenvolverá protocolos de Blockchain e promoverá a tecnologia internacionalmente. Além das instituições financeiras, representantes dos setores público e privado se juntarão à associação – o apoio de especialistas em tecnologia de registro distribuído os ajudará a contribuir para o desenvolvimento de uma estratégia da UE na área da Blockchain.

“A associação pode desempenhar um importante papel na criação de melhores práticas e padrões para a Blockchain, bem como evitar a fragmentação e incerteza da regulamentação da tecnologia a nível europeu”, afirmou Carlos Kuchkovsky, chefe do departamento de pesquisa e desenvolvimento de negócios digitais do BBVA.   

A iniciativa foi anunciada em uma recente mesa-redonda da UE em Bruxelas, chamada “Combinando indústrias na Europa para introduzir a tecnologia de Blockchain”.

Lembramos que no início de abril, mais de 20 países da UE assinaram uma declaração sobre a criação de uma parceria europeia na área da tecnologia de Blockchain, na qual eles pretendiam compartilhar suas experiências e conhecimentos na esfera técnica e regulamentar para preparar o lançamento de aplicações comuns para toda a UE usando tecnologia de registro distribuído para os setores público e privado.

Em um relatório de julho, representantes da organização bancária europeia declararam que o uso de contratos inteligentes e tecnologia de registro distribuído em transações internacionais poderia resolver muitos problemas no setor financeiro.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment