Valor do Bitcoin despenca e meio a boatos na Coréia do Sul

O prefeito da capital da Coréia do Sul, Park Won-soon, anunciou planos de criar uma moeda criptográfica denominada S-Coin, que será utilizada em programas de assistência social urbana.

Publicado em 28 de dezembro de 2017 por

A taxa do Bitcoin afundou em meio à desinformação sobre o fechamento das corretoas de criptomoedas na Coréia do Sul.

Durante a noite, o preço do Bitcoin despencou para a área de US$13,5 mil. Isso porque vários meios de comunicação informaram que as autoridades sul-coreanas pretendem proibir as atividades das corretoras de criptomoedas. A fonte da informação falsa foi uma publicação local que se referia a um funcionário público próximo do centro de tomada de decisão.

Esta notícia apareceu no contexto de inspeções nos escritórios de bolsas de valores e da posição negativa geral do governo sul-coreano em relação à indústria de cripto ativos. O primeiro-ministro do país declarou que as moedas digitais são “juventude corrupta”. Ele também ordenou a formação de um grupo de trabalho para estudá-las como uma ferramenta de criação de pirâmides financeiras e esquemas especulativos.

Além disso, a Coréia do Sul tornou-se um dos poucos países que decidiram proibir completamente as ICOs, o que já fala a favor da determinação das autoridades. Vale lembrar que estrangeiros também estão proibidos de interagir e negociar criptomoedas.

No entanto, o chefe da Comissão de Serviços Financeiros (FSC), Che Yonku, afirmou que, para proibir intercâmbios e transações criptográficas, são necessários sérios fundamentos legais.

No momento, fala-se apenas da observância dos padrões no campo da proteção ao consumidor e na introdução de procedimentos KYC. As autoridades pretendem regular a atividade das corretoras de criptomoedas no âmbito da melhoria da legislação AML, mas não de proibição.

É importante notar que o histórico geral de notícias poderia ser usado por partes interessadas no dumping de preços do Bitcoin, já que as mesmas se beneficiariam do lançamento de desinformação para comprar na baixa.

Por fim, o Serviço de Supervisão Financeira da Coréia do Sul afirmou que não regulará as criptomoedas até que elas sejam reconhecidas como legais.

 

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment