A corretora coreana de criptomoedas, Bithumb, anunciou suporte aos Tokens OmiseGO (OMG) e Kyber Network (KNC).

Desde 1 de agosto, a Bithumb, uma das maiores corretoras criptomonetárias, deixou de abrir contas virtuais vinculadas a contas bancárias verificadas. Conforme relatado pelo Business Korea, a plataforma não conseguiu concluir um acordo com nenhum banco.

A publicação alega que a nova restrição não afetará os clientes da plataforma que já possuem contas virtuais usadas para sacar e depositar ativos através de suas contas bancárias vinculadas.

Anteriormente, a Bithumb vinha cooperando com o Shinhan Bank, mas seu contrato foi cancelado. Por sua vez, o banco NongHyup negou uma parceria por conta de “problemas no campo da proteção de clientes e informações, bem como na prevenção da lavagem de dinheiro”.

O gestor da corretora, no entanto, afirmou que seria possível chegar a um “consenso” com o banco NongHyup e que nesse contexto, a possibilidade de abrir contas virtuais será restaurada “num futuro próximo”.

Vale destacar que o comércio anônimo através de contas bancárias virtuais na Coréia do Sul está proibido desde janeiro de 2018, e que dessa forma, corretoras criptográficas são obrigadas a renovar seus contratos com os bancos a cada 6 meses.

Por fim, ainda em menção à Bithumb, lembramos que por volta do dia 20 de junho, a corretora foi hackeada e perdeu cerca de US$31 milhões. Graças a injeções financeiras de terceiros, no entanto, esse montante foi reduzido para US$17 milhões.