Chefe da Bolsa de Valores de Moscou compara criptomoedas a ouro

As funções das moedas criptográficas são comparáveis ​​às do ouro, apesar da ausência de uma definição legalmente determinada desse termo.

Publicado em 29 de dezembro de 2017 por

As funções das moedas criptográficas são comparáveis ​​às do ouro, apesar da ausência de uma definição legalmente determinada desse termo. Isto foi afirmado pelo chefe da bolsa de valores de Moscou, Alexander Afanasyev. Essa notícia foi veiculada pela revista ForkLog

Afanasyev apontou que é mais correto considerar as moedas criptográficas um meio de pagamento.

Publicidade

Publicidade

“Ninguém sabe exatamente como se referir às criptomoedas. É um derivado, uma segurança, um bem, uma propriedade intelectual, etc. Elas me lembram, principalmente, o ouro eletrônico. Alguns séculos atrás, o ouro foi aceito como meio de pagamento – era um contrato social. Agora, um pequeno número de pessoas participa do acordo público sobre o Bitcoin, mas este contrato social já foi feito informalmente em algum sentido”, disse Alexander Afanasyev.

Ele também acrescentou que, por analogia ao ouro, a moeda criptográfica pode ser obtida não só a partir venda de bens e serviços ou em forma de herança, mas também pode ser obtido através da mineração.

Lembre-se de que no dia 28 de dezembro, no âmbito do Ministério das Finanças da Federação da Rússia foi apresentado o projeto de lei sobre a regulamentação dos ativos digitais. O documento denotou as definições de criptomoeda, mineração e Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs).

 

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment