Goldman Sachs prepara novos serviços relacionados a criptomoedas

Um porta-voz do banco líder em investimentos, Goldman Sachs, confirmou que a organização contratou o profissional e graduado trader do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Justin Schmidt, para o posto de vice-presidente e chefe do departamento de mercados de ativos digitais dentro da divisão de valores mobiliários do banco.

Publicado em 24 de junho de 2018 por

O diretor operacional da Goldman Sachs, David M. Solomon, anunciou que a empresa já está discutindo a criação de serviços para trabalhar com criptomoedas. Isso foi relatado pela Bloomberg.

A empresa não pode se limitar ao lançamento da plataforma de negociação de futuros de Bitcoin. Como parte deste serviço, o Goldman Sachs planeja oferecer aos seus clientes uma versão flexível dos futuros, conhecida como “liquidação antecipada”.

De acordo com David Solomon, o banco lançará operações de futuros, que serão realizados em Bitcoins, e não em fiat, como é atualmente. Informações adicionais acerca do que a empresa planeja não foram divulgadas.

Vale ressaltar que apesar da “flexível” atitude do banco em relação a moedas digitais, anteriormente, ainda em junho, seu CEO, Lloyd Blankfein afirmou que o Bitcoin não era digno de sua atenção.

Por fim, e ainda no contexto de notícias sobre o Goldman Sachs, destacamos que em dezembro de 2017, o banco anunciou a criação de uma plataforma de negociação de criptomoedas, sendo que de acordo com seus representantes, o portal seria criado em resposta ao crescente interesse dos clientes do instituto financeiro pelos ativos criptomonetários. O lançamento da nova plataforma foi agendado para o final de junho deste ano.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment