Opinião: negociação em criptomoedas inevitavelmente aparecerá em Wall Street

Apesar das regulares críticas ao Bitcoin por grandes instituições financeiras, o dia em que Wall Street começará a negociar criptomoedas inevitavelmente virá. Esta opinião foi expressa pela chefe da startup de Blockchain Clovyr e ex-gerente do JPMorgan, Amber Boldet

Publicado em 21 de Maio de 2018 por

Apesar das regulares críticas ao Bitcoin por grandes instituições financeiras, o dia em que Wall Street começará a negociar criptomoedas inevitavelmente virá. Esta opinião foi expressa pela chefe da startup de Blockchain Clovyr e ex-gerente do JPMorgan, Amber Boldet, assim como relata CNBC.

“Eu acho que isso vai acontecer ainda mais cedo do que parece. Mas, mesmo que haja tal desejo, ainda há desafios de natureza legal e regulatória”, disse ela.

Entre outros problemas que não permitem o desenvolvimento de investidores institucionais no mercado de criptomoedas, Amber Boldet citou a falta de soluções suficientemente seguras para o armazenamento de ativos digitais.

Boldet deixou o JPMorgan em abril deste ano, depois de ter fundado a startup Clovyr, que desenvolve soluções para armazenamento de aplicativos descentralizados na Blockchain.

“No momento, não há ferramenta que permita encontrar o que está sendo criado. O Google não existe quando se trata de procurar aplicativos. A capacidade de procurar por aplicativos será útil, mas também incluiremos a possibilidade de criá-los”, acrescentou ela.

Vale notar, no entanto, que na semana passada, a startup de Blockchain Blockstack também anunciou a criação de um diretório para aplicativos descentralizadas (dApps).

Quanto às soluções de armazenamento de criptomoedas para grandes investidores, recentemente o lançamento de tais produtos foi relatado pela Coinbase. Além disso, o banco japonês Nomura está criando uma empresa especializada no armazenamento seguro de ativos digitais juntamente à Global Advisor Holdings e à Ledger.

Enquanto isso, o ex-empregador de Amber Boldet anunciou que está desenvolvendo sua própria estratégia criptomonetária, cujo responsável será o chefe da divisão de tecnologias financeiras de Londres do banco, Oliver Harris.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment