Grupo de traders prepara processo contra Coincheck

Dez traders pretendem apresentar uma ação coletiva contra a corretora japonesa Coincheck. Os documentos relevantes já foram preparados e serão enviados na quinta-feira, 15 de fevereiro.

Publicado em 15 de Fevereiro de 2018 por

Dez traders pretendem apresentar uma ação coletiva contra a corretora japonesa Coincheck. Os documentos relevantes já foram preparados e serão enviados na quinta-feira, 15 de fevereiro. Isso foi relatado pela Reuters referindo um advogado que representa os demandantes.

O motivo da indignação dos traders foi a decisão da plataforma de congelar a opção de retirada de ativos criptomonetários. De acordo com o advogado Hiromu Motizuki, eles exigirão que a Coincheck forneça aos usuários a oportunidade de mover moedas digitais a carteiras de terceiros.

Publicidade

Publicidade

Além disso, o grupo planeja apresentar outra ação no final do mês, cujo objetivo será cobrar uma compensação da Coincheck após uma das maiores invasões da história da indústria criptomonetária.

Lembramos que em 26 de janeiro, a corretora japonesa confirmou um grande roubo de fundos da plataforma – um total de 58 bilhões de ienes (US$533 milhões) em NEM (XEM) foi roubado.

Vale ressaltar que mais tarde, representantes do site publicaram uma declaração oficial, que confirmava a prontidão da empresa em compensar as perdas de usuários às suas próprias custas.

Publicidade

Publicidade

Note que em 13 de fevereiro, a Coincheck descongelou a retirada de fundos em ienes e atendeu aos pedidos de usuários por um total de 40,1 bilhões de ienes (US$372 milhões).

Como escrito anteriormente, membros do setor de crimes cibernéticos do Departamento de Polícia de Tóquio detiveram e interrogaram um trader sem nome no caso do hackeamento da Coincheck – ele converteu uma pequena parte dos tokens roubados marcados pela NEM Foundation na Darknet.

Por fim, muitos especialistas temem que esse sistema de marcação desenvolvido pela organização sem fins lucrativos, NEM Foundation, possa levar à centralização do controle sobre a Blockchain do ativo.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment